quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Networking is everything

Lassen Sie mich Ihnen vorstellen (Tenham o prazer se serem apresentados), Herr FDP Germânico. Jawohl: ele, o responsável por metade dos posts "estou-deprimido-quero-voltar-para-casa" in Deutschland do início desse blog. O primeiro cara pelo qual eu realmente posso falar "estive apaixonado". E que claro, no melhor estilo "o destino te ferra", me aprontou uma das maiores decepções que eu já vivi na minha vida. Exatamente no momento mais difícil e complicado da minha estadia na Alemanha. :/

O título do post? Foto tirada por um amigo que por acaso esbarrou por ele no metrô de Hamburgo.

E os pensamentos? Na boa?

De que Hamburgo, assim tudo o que eu vivi naquela cidade, parecem pertencer a uma outra encarnação. De que eu quase posso escutar o alerta sonoro de "Zurückbleiben, Bitte" do metrô de Hamburgo, e o calor infernal que faz lá dentro quando chega o verão e a temperatura sobe acima dos 23ºC. De que eu consigo saber em que linha eles estavam só olhando para os bancos e design do trem do metrô que eles estão.

E de que é incompreensível como pessoas que foram tão importantes, com as quais você viveu momentos tão importantes e que você vai levar fácil para o resto da sua vida... se tornaram completos desconhecidos. Por uma mera incapacidade... de saber terminar as coisas.

Como isso acontece, néam? Alguém com quem você é tão feliz, tão realizado em um momento... e no outro "That's it, it's over", cada um pro seu lado e acabou. Nada.

Mas enfim... tem horas que olhar para o passado ajuda a entender e valorizar ainda mais o presente. Principalmente quando o presente é alguém que chega daqui a cinco dias da França, e cruzou o Atlântico somente pela vontade de te ver.

E você percebe que enquanto perde algumas coisas, você (quase sempre) acaba ganhando muitas outras.

(E claro, elogios aos Herr FDP Germânico estão terminantemente proibidos - sob pena de deportação e encarceramento dentro um ônibus "Brasileiros pelo mundo" da CVC em viagem pelo Meio-Oeste americano e eu iniciar a escrever postagens nesse blog no dialeto "Miguxo"/"Tiamuuuuamiguuuu!". Assim como elogios "You're so much better, Fer!" serão bem-vindos, claro :D)

P.S.- "I just feel like being in your arms. Quiet. Hope you will get this message, petit Je t'aime. Beijos, Ton S" . #1 8 meses de mensagens, atitudes e comportamento flawless. #2 Francês é TÃO mais romântico. heeheh :D

9 comentários:

Lobo Cinzento disse...

Hahaha adoro uma liberdade de expressão!

Mas é assim mesmo. As nossas escolhas nos levam a lugares que nem sequer imaginamos... as vezes uma vírgula faz uma diferença danada...

Só nunca é bom tentar imaginar como seria se fosse diferente, que senão a gente padece junto com Alice XD.

Daniel disse...

pelo menos o seu terminou sem uma explicação. sim é chato e talz, mas...

diga "hallo" para aquele cujo namoro (já findo) vai acabar numa audiência (detalhes só por email).
dois anos de intimidades e bons momentos compartilhados, 1 ano de uma tentativa de amizade... e agora só devemos nos ver na frieza de uma audiência. tá bom pra você?

Don Diego De La Vega disse...

Adorei o trecho:

Principalmente quando o presente é alguém que chega daqui a cinco dias da França, e cruzou o Atlântico somente pela vontade de te ver.

Tão romântico isso!

Ele fica aonde? Quero encontrar o casal feliz nesse fim de semana, hein. :)

Rodrigo Teixeira disse...

Gostei do teu blog.
voltarei

beijo pra ti

Anônimo disse...

Jawohl? Ja Rule?

Vaca Jersey disse...

Como eu gosto de desobedecer... que gato ele é, hein? Hahahahaha! Curti seu blog, man! Hugz!

Anônimo disse...

Aaah,Nando! Ele era barrigudinho, joga uma praga para ele ficar encalhado pelo resto da vida dele, e vá curtir com seu francês, que você merece, garotão!

dudufs disse...

Se quiser te empresto a minha tia Maria pra jogar a praga do comentário acima. Ela é boa nisso!

railer disse...

me lembrei do filme "três formas de amar", já viu? no final o protagonista comenta sobre essas coisas, como alguém pode ser tão importante um dia e desaparecer no dia seguinte...