segunda-feira, 26 de julho de 2010

Só para deixar registrado

Melhor do que ir para o outro lado do mundo conhecer pessoas que marcam a tua vida é perceber que mesmo depois de 6 meses, mesmo depois de voltar para o outro lado do mundo... a amizade continua a mesma. Com algumas mudanças, claro (God save Facebook!). Mas de alguma forma... mais ou menos igual! :D

P.S.- Esse é o F., Francisco, meu amigo cucaracha-meets-California.
P.S.2- FÉRIAS! E logo logo os posts grande-gigante voltando. ;)
P.S.3- "Alô Wanessa? Atende Wanessa. Eu sei que você taí. Eu preciso falar com você... Por favor me escuta Wanessa!": porque tem música que do nada o nosso HD cerebral resgata do fundo do baú, e simplesmente gruda na tua cabeça, hein?! E claro, nunca é Rachimaninoff, mas sempre esse tipo de música... Sacanagem... (Comentários do clipe: 1) Esse tom loiro-queimado-atendente-de-dentista do cabelo de W is so 90's, néam? 2) Mini-choque em perceber que Dado já foi umidificante algum dia 3) Gente, Faith Hill é embutido nesse clipeám! :D)

5 comentários:

Lucas T. disse...

Ahhh essa música da Wanessa na época que foi lançada me deixou quentinho pelo Dado ;P
Hj em dia I couldn't care less.

E Faith Hill embutido? Que nadaver hahahha.

Lobo Cinzento disse...

Acho incrível como algumas amizades sobrevivem a tantos baques...

E Férias é tudo de bom! :p

Depois que as minhas começaram, não quero voltar a estudar nunca mais! ahauahau

Seu leitor soterapolitano disse...

Seu amigo Chico é bem melhor que o Dado, com cara de gatão, sem parecer afetado como o D.

Nossa! Esse clipe resgatou minha adolescência na memória. Eu tô ficando velho... Não faça mais isso Fernando. Sacanagem total!

Don Diego De La Vega disse...



Nenhum comentário sobre se rolou, se não rolou, se é amizade colorida, se o negócio lá é bom.....

Cadê esses detalhes? :)

Fernando disse...

@Lucas T.: Eu acho Wanessa fierce. Veio lá de baixo, tem cara de quem come frango com pequi direto da panela sentada no chão do Home-Theater, mas se veste razoavelmente bem, quando abre a boca para falar diz coisas legais.

E cara, o Amor não deixa é um clássico das minhas tardes de MTV...

@Lobo Cinzento: Férias: quando você não quer, elas não acabam; quando você quer, elas tão longe pra caralho...

@Meu leitor soteropolitano: Bem, o meu amigo Chico não batia na namorada (na namorada, porque AMAVA arranjar uma briga...). :D

@Don Diego: Regra do Fernando – se eu peguei, eu deixo MEGA claro. ;) Claro que eu não peguei, seu bobo. Era o meu melhor amigo hétero de lá da Alemanha, que tinha vindo dos EUA. Ele foi um dos únicos que ficou um ano direto, como eu, e acabamos virando quase irmãos. Já vi esse idiota de todas as maneiras possíveis (ÓDIO do abdômen dele!), e juro que no caso dele, virou algo fraternal... (O que não posso afirmar sobre outros amigos meus de lá, é claro... heheeheh)