sexta-feira, 7 de maio de 2010

Monocle: Hype é ser inteligente + Pergunta

No mundo moderno, definitivamente o que alguém não pode ser é mono. Tem que entender de tudo, saber falar de tudo, ter uma opinião sobre tudo. Eu, pessoalmente, acho isso o máximo: quanto menos rótulos tipo "Economistas gostam de números, Advogados não podem usar moicano", melhor! O desafio: saber encontrar o ponto certo para não ir do "charmosamente cool" para o "pretensiosamente hype". E para quem quer encontrar o seu ponto nessa escala (e quer ir muito além da futilidade com roupagem hype-posh de GQ's ou Men's Vogue's da vida) que a revista Monocle parece ter sido feita feita: Política, Negócios, Cultura, Design. Tudo numa roupagem altamente interessante, extremamente inteligente (primeira revista que eu vi que vale o preço que tem: parece um livro de tão grossa que é), além do cool factor que chegar a dar ódio (a loja virtual do site é praticamente um templo daquelas coisas que racionalmente não precisamos, mas que deixariam o nosso dia-a-dia infinitamente mais cool e cheio de design :D). As deprês: #1 Nunca vi vendendo em lugar nenhum pelo Brasil; #2 Se na Europa ela já custava por volta de uns 10€ (preço consideralmente acima de outras revistas), me deprime pensar na fortuna que ela será precificada, seguindo a  nossa muy irracional lógica de preços para produtos importados (WHY?!). O site? Na brand new lista de sites interessantes, aí do lado. ;)

Perguntinha-nada-a-ver #1: Pensando em criar um tag para discutir alguns assuntos econômicos aqui no blog, mas morrendo de medo de que os leitores habituais achem que isso se tornou o site do Valor Econômico, saiam correndo para o Katylene e só role comment tipo "Tenho R$50 mil investidos numa casa em Araruama: deveria vender e comprar ações da Petrobrás?". Claro, nada muito sério demais, tudo comentado do meu ponto de vista, no meu style: nada de economês, muito glamour, brilho e frases sem fim. O que acham? Interessa? Opiniões, please.

8 comentários:

Daniel disse...

eu voto no sim

Álvaro disse...

Adorei a ideia da Tag, tá aprovadíssima!

carla_curty disse...

além de votar sim, vou me empolgar muito em debater (hauauahaua) assuntos econômicos e, quem sabe, ajudar a desconstruir alguns mitos ...

dudufs disse...

acho legal :)

Lucas T. disse...

Achei ótima a idéia.

Will Moritz disse...

Talvez na sua linguagem eu consiga entender alguma coisa de economia.

Alexandre Lucas disse...

Não, sei, achei a visão um tanto romântica. Talvez eu não o seja.

E lá no fundo, todos sabemos que não, advogados, médicos e apresentadores de telejornais NÃO podem usar moicano...

Quem quiser acreditar em duendes. Livre arbítrio.

Diego disse...

Eu voto no sim também.