sábado, 8 de maio de 2010

Explicando o conceito: Être estagiário dans Brasil

Quando eu morava na Europa (*snif, peraí, deixa eu secar a pequena lágrima que escorreu pelo rosto), tive a maravilhosa oportunidade de estagiar em 2 (duas, two, zwei, deux, dos) empresas diferentes. Um era num pequeno escritório de tendências (o estágio mais gay ever que eu já estive, trabalho incrível, mas pagava maaaaal), o outro numa tradicionalissíma empresa alema (onde o trabalho era meio sacal, mas contava horrores no currículo porque os alemaes se estapeavam para estagiar lá e porque tinha uma loja especial para os trabalhadores com mercadorias tipo calcas Diesel, tênis Adidas e todos os produtos da linha Apple com 50% de desconto). Ah gente, foi TAO legal: trabalhar em um idioma estrangeiro, aprender uma nova rotina de trabalho, todo mundo te perguntando o tempo todo "Mas como é isso no Brasil...?", eu fazendo os meus colegas de trabalho se sentirem culpados toda vez que eles mandavam eu fazer uma tarefa mais slave (" Mas só porque eu sou do... Terceiro Mundo?"). E o melhor: no final do mês, o salário era em €UROS! Muitos €UROS!

Bem, depois de torrar cada centavo desses salários nas viagens pela Europa, voltar do "Meu Ano de Princesa" e cair na minha glamurosa realidade toda "A Grande Família" de ser, hora de procurar um estágio por terras brasileiras! Ok: disso vocês já sabiam. O que vocês nao sabiam é que ontem eu fiz uma entrevista numa empresa de Rh (empresa de Rh me deprime: todo mundo com aquela cara de "Tenho que ser bonzinho preciso desse emprego, as criancas já tao sem leite Ninho!". Ontem a FDP de uma secretária já virou toda "Ih, você mora NESSE lugar? Nao sei se a empresa vai querer pagar tanto VT assim nao, hein..." para um cara se candidatando para uma vaga de auxiliar administrativo... Foda, néam?), ontem já ligaram marcando uma entrevista, e segunda vai ser a hora do "Vamuver". Pensei em nao contar, afinal da última vez que eu contei aqui no blog sobre uma vaga, Iemanjá (aka. sereia de regioes desfavorecidas financeiramente POBRES! do globo) resolveu me sacanear, perdi a vaga no último instante e continuei fazendo figuracao na "A Grande Família". Mas eu tive que contar agora! Por que?

Email de um querido amigo europeu:
"Cool the company called u back.
And if they want u soon that's cool.
You know if the money issue is an issue for you, why not trying to negociate it? Well I mean if you feel like they need someone very soon and that you're profile is perfect for them and only if they don't have many candidates....(that's just a thought)..."

*Suspiros.... Sintam a inocência, a pureza de mente de um habitante de um país de welfare state. Nada de "Queridóam, SEM benefícios: é só VT, dois busoes por dia e olhe LÁ!". Nada de "O QUÊ? Esticar o feriadao? Problema é seu se você já tá há dois anos sem tirar férias! Tu é estagiário, MERMAO!". Ah... Dá até pena explicar para ele que ser estagiário no Brasil define conceito de alienacao do trabalho... ;(

#Momentinho Economics for bees: Ah, você-nao-economista nao sabe o conceito de alienacao do trabalho? Liga nao: metade dos economistas chega ao final da faculdade sem ter idéia a outra fica vendo os músculos, pernas e bracos maravilhosamente esculpidos dos estudantes do primeiro grupo. Tem duas formas de entender isso: dá para ir na teoria (aqui) ou... entender isso de uma forma BEM prática, aqui. ;)

P.S.1- #1 Isso nao foi a discussao econômica, e #2 Já que vocês apoiam, prosseguirei com os meus planos de subtituir Míriam Leitao no Bom Dia Brésil e dominar o mundo... :D

11 comentários:

Daniel disse...

Acho que atendente do Bob's seria um exemplo melhor. Parece que a recrutação foi feita na APAE.

E não reclama não pq aprovaram uma lei de estágio melhorzinha. Há até 2 anos atrás não tinha férias, não tinha vale, não tinha p*rra nenhuma e estagiário era mão de obra barata para substituir funcionário graduado (mais ainda do que é hoje).

Fernando disse...

Ih, eu tinha esquecido dessa lei! Meu último contrato de estagiário antes de ir para a Alemanha foi antes da aplicacao da lei! Qual sao os benefícios, hein?

E nesse caso, Sr. Cassús, você pertence ao grupo inimigo. Você pertence ao grupo COM estagiários. Hmpf.

Fernando disse...

Aliás, Daniel, você faz parte do grupo de adEvogados que exige ser chamado por Doutor?

ira disse...

obrigado F., eu tenho aprendido novo vocabulário
::: Rh, FDP, VT, Vamuver :::
Um bom fim de semana a todos!

Ítalo disse...

Particularmente, não gostei dessa atual lei do estágio. Os estágios da área do meu curso(secretariado executivo bi/trilíngue) eram vários e pagavam bem. Agora, a maioria sumiu, pq a lei representou mais despesas para as empresas. Agora, temos férias remuneradas, VT garantido e meio expediente em dia de prova, ou mesmo faltar a ele, caso a empresa seja boazinha. Até num dos melhores estágios de Pernambuco, no Tribunal de Justiça, a coisa pegou pra lascar. Antes, ganhávamos dois salários mínimos, agora, só um e meio mais o VT... Ce sont les choses da vie...

tommie disse...

Lembro de uma alemã passando férias no Rio que recebia uma grana do governo pra terminar o "segundo grau", a fim de fazer aquele abitur e entrar na faculdade. Cada país tem o bolsa escola que convém!

J disse...

eita, será que toda facul de economia tem homens bons? qdo eu estudei economia tinha um bear na minha sala que era um espetáculo (mega sexual tension no ar qdo ele chegava em qualquer ambiente), e um rato de academia lindo mas tão BURRO que me fazia perguntar se o vestibular da Unicamp selecionava mesmo ou tinha algum teste do sofá (ele seria aprovado com louvor).

Alexandre Lucas disse...

Repito o comentário da dominação ;)

railer disse...

força, só não vale desistir.

Guy Franco disse...

Estagiários são bons fritinhos. Não tenho problema em comer fritura.

Fernando disse...

Italo: Sabe que eu percebi esse efeito aqui no Rio também?! Imagino como esteja agora o estágio na ANP (6 horas, R$450, SEM BENEFÍCIOS - quando me ofereceram, eu RI e quase perguntei se eu tinha que pagar com cartao ou cheque para trabalhar).

Tommie: Até onde eu sei, o governo alemao nao dá bolsa para todo estudante nao... O que pode ser é que o caso dela seja especial, ela tenha direito a algum tipo de benefício, etc.

J: O que você falou DEFINE faculdade de Economia. O pior quando você encontra o melhor dos dois mundos: inteligentes E gostosos. Acredita, acontece algumas vezes. Deprimente...

Alexandre: Resposta vindo logo em forma de post... :)

Railer: De volta!

Guy Franco: Se você pensa assim dos seus estagiários, cuidado: eles podem pensar o mesmo de você. E o seu café pode ter nao só café. (*gargalhada fatal de Fer)