segunda-feira, 3 de maio de 2010

Momento “Moi Economiste?": Carissimo Pierangelo Garegnani

Caríssimo Pierangelo Garegnani,


Sou um grande fã do senhor desde pequenininho (li “Histórias Marxistas de Ninar” e “Alice no Fantástico País dos Sovietes” quando tinha somente 7 anos!). Neste momento estou lendo espontaneamente mentira, a professora da faculdade nos obrigou sob a ameaça de nos enviar para um gulag o seu maravilhoso livro onde você resume TODA a História do Pensamento Econômico em UM único livro. Achei primoroso. Entretanto, poderia ter a ousadia de sugerir duas coisas?


#1 Sabe aquela história de Início-Meio-Fim? Usa, PORRA! Ler uma linha e desentender três definitivamente é não é um sinal legal.


#2 Nota de rodapé com gráfico de cú é ROLA.


Muito obrigado pela atenção e va fanculo por tornar as minhas tarde tao interessantes.


Atenciosamente,
Fernando.

3 comentários:

carla_curty disse...

(mestranda nerd, orientanda da professora que ameaça mandar para o gulag mode on)
# 1: o bom dele colocar toda a hpe em um texto é que, se você entendê-lo, vc vai entender td a abordagem sraffiana de hpe (hauahuahauahaua)
# 2: não é desculpa esfarrapada, mas parece que esta tradução está muitoooooo mal feita mesmo (eu vi uma vez uma edição deste texto em inglês melhor) e a maria disse que em italiano é bem melhor também
# 3: pior que a nota de rodapé com gráfico, é o formato desses gráficos...pqp...

(mas lembre-se, ter amiga nerd orientanda da professora pode te ajudar nas madrugadas de véspera de prova rs)

Daniel disse...

Pior que a nota de rodapé é o professor que faz pergunta na prova sobre a nota de rodapé.

Alexandre Lucas disse...

Concordo com o Daniel e ainda digo que nota de rodapé com gráfico é muita loucura pra pouca colocação.