terça-feira, 4 de maio de 2010

Momento “Moi?”: Motivos pelos quais eu não tenho acessado o Facebook

Para não ver os novos álbuns de fotos de amigos que ficaram longe e perceber que a primavera em Hamburgo oficiamente já iniciou, porque...
#1 O Bier Bike já está circulando pelas ruas da cidade.
E eu não estou lá para sempre ver a Bier Bike, sempre falar com os amigos “We should do that next weekend!” e nunca fazer.

#2 A StrandPauli já abriu. O que é a StrandPauli? Versão oficial: elegante praia artificial as margens do Rio Elba, com diversos beach clubs servindo drinks e coquetéis para hamburgueses que desejam desfrutrar o sol. Minha versão: caixinha de areia com algumas palmeiras importadas do Marrocos, bares servindo caipirinhas com 3kg de gelo e 0,05cl de cachaça (Pitú only: se tem 51, é porque o lugar é insider MESMO), para TODOS os hamburgueses (que não tiveram tempo ou dinheiro suficientes para comprar um pacote Mallorca 300€ all inclusive, viajar e estocar vitamina E para o resto do ano) vão aproveitar os 5min anuais da combinação de sol + calor (digo, ao mesmo tempo) em Hamburgo.
E eu não estou lá para encher o saco dos meus amigos norte-europeus falando que chamar aquilo de praia era um insulto, que tinha uma praia chamada “Paquetá” no Rio que deveria ser melhor do aquilo, reclamar da caipirinha fake, reclamar do tempo, reclamar de tudo. Na verdade, isso era #1 uma tentativa meio psicologicamente torta (e BEM #Fail, eu sei) de estimula-los a virem para o Brasil e de canalizar o meu #BrazilianPride; e #2 não confessar que eu estava adorando aquilo tudo, porque era deliciosamente diferente de tudo o que eu já tinha vivido até então, porque ali eu era um mini-centro de atenções, afinal eu falava alemão com um certo sotaque exótico, eu tinha no mínimo 3x mais melanina do que todo mundo ali junto AND pelas duas razoes mencionadas anteriormente sempre tinha alguém dando uma paqueradinha light. Enquanto isso, em Ipanema... :/

#3 Os dias escuros do inverno já se foram. O sol chegou, agora é só contar os dias para os dias de verão. O verão, quando todo mundo fica de bom humor, todo mundo almoça em qualquer espaço verde ao ar livre, todo mundo quer fazer alguma coisa depois do trabalho mesmo ainda sendo segunda-feira (afinal, está sol! Temos que aproveitar!), quando o clima da cidade se transforma e você começa a achar que Hamburgo é o melhor lugar do mundo mesmo.


E eu não estou mais lá. Como estava ano passado.


Hora de voltar para o texto do Garegnani mesmo...

4 comentários:

Daniel disse...

hahahaha! Se bobear, até o piscinão de São Gonçalo é melhor.

É verdade, em Ipanema somos apenas mais um na multidão.

Fernando disse...

@Daniel: Nao é nao, tá! Só eu posso reclamar de Hamburgo aqui! :D

Falando sério, sabe que até era legal? Ficar perto de gente que estava TAO feliz por algo tao comum para a gente (Sol) era algo tao diferente, mas tao bom, sabe?

Ítalo disse...

Fer, vc já pensou em imigrar pro Canadá?? Há aquele programa de imigração pro Quebec. Why not?? ;-)

Alexandre Lucas disse...

Certo você!