quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Tem coisas que a sua terapeuta em 3 anos nao consegue...

... mas que a Alemanha te ensina em 3 tempos. Exemplo? Sinceridade na lata.

Situacao #1
Onde?
Facebook, criatura carioca que eu nunca vi me adiciona via um gringo que eu nao peguei em idos de 2005
Quem?
Gringo: daqueles que ficam deslumbrados com a "imensa simpatia, beleza e acessibilidade dos cariocas" (porque os trombadinhas nunca assaltam esse malas, hein?) e acham que entendem mais do Rio que os próprios cariocas porque ficaram 5 dias na cidade - todos gastos (claro) torrando ao sol na Farme de Amoedo e no circuito Leblon-Ipanema-Copa. E fazer questao de tirar o tesao em qualquer coisa que voce faca pela Europa - afinal, pagar de "carioca gringo" por aqui é hype.
Criatura carioca: Creiço. Gostoso. Mas creiço do tipo "foto principal: sunga, latinha Itaipava na mao, óculos Oakley  no rosto". Coxao bom (ah, saudades do Brasil). Mas creiço - e nascido em 1990: tudo bem, eu nao nasci muito antes disso nao, mas porra, 1990? Eu já tinha consciencia em 1990!
Como?
Creiço me adiciona no Facebook.
Fernando nao aceita, e responde "Oi, nos conhecemos de algum lugar?" (fazendo a linha educado, afinal, eu já aprontei muito nas 00's e Galerias da vida, néam... Nunca se sabe...).
Creiço responde "Nao... Mas leke, curto fazer amigos novos." (Parenteses: "leke"?! Ok Thiago, eu sei da sua predilecao pelo tipo "carioca marrento", mas "leke" nao dá. Isso equals Baronetti, Nuth e pitboy usando camiseta Osklen demais pra mim. Absolut non go.).
Fernando recusa o pedido de amizade.
Creiço adiciona de novo.
Fernando responde: "Queridao, Facebook nao é Orkut. Nao to nem um pouco na vontade de fazer amiguinho virtual. Escolhe outro para aumentar o seu número de amigos. Beijos!".

Situacao #2
Onde?
Boate Moondoo, minha preferida em Hamburgo (gentém, descobri que a doorwoman/man é um travesti brasileiro! Ela é alta, ela é loira, e ela é má - se voce vai de tenis, ou um pouco mais mal vestido: "Desculpa, voce nao tem cara de VIP. Próximo!". E o que tem de alemao inocente se atracando com ela e descobrindo algo que nao esperava é lendário aqui em Hamburg Town! Adoro ela!).
Quem?
Alemao com que tinha saído 3 semanas atrás para um café - onde óbviamente, eu fiquei dando mole e o cara nada - para assim que o cara me deixa em casa, me manda um SMS "You are the sexiest guy I've ever met". Semanas ocupadas na minha agenda, a minha fila andou (natürlich!), e ele ainda na "mensagem 22.30h: Vem pra cá!" (Mein Arschloch: 22.30h tá um frio do caralho na rua, 5°C COM vento, e alemao nao dorme junto com desconhecidos - ou seja, é rolar o que tem que rolar e depois partir pro Night Bus para cada um dormir sozinho).
Como?
Eu, na Moondoo, na minha nova jeans skinny, pagando de hype+latino gostoso (eu uso os cliches ao meu favor, ok?). Mensagem no celular, alemao "Fica ai, to indo te encontrar!". Alemao me encontra, faz aquela cara de "Ah ahém?" e me tasca um beijo. Reacao de choque do Fernando (dá um desconto: to morando aqui já faz 9 meses. Pegada NAO existe aqui.), seguido do pensamento meu "Foda-se, melhor aproveitar". Daí o alemao comeca a me beijar, some por 10 minutos, volta para me beijar. Mistério: assim como alemao com pegada, dar perdido definitivamente nao é um costume local (alemao gosta ou nao gosta. Simples assim.). Comeco a ficar puto. Mando um educado "Vou encontrar com os meus amigos, até mais" pro cara, ele me puxa, me beija, me pede pra ficar... e faz a mesma coisa de novo. E aí, já perdi a carona dos meus amigos (só quem mora em clima frio sabe a depre que é ficar esperando 20 min o Night Bus em uma temperatura de 5°C com vento. Só tem turco e velho alemao bebado no onibus. Muito depre.). Encho o saco, e mando a real para ele. E ai a criatura manda o "É... Eu acho que é melhor voce ir mesmo.".

Todos os meus genes latino-judaico-barraqueiros clamam por resposta. Viro com o sorriso mais fofo do mundo, bato no ombrinho dele e respondo "You are an asshole". Cara de choque dele, dou as costas e volto para a outra pista, onde eu ainda encontro os meus amigos portugueses gostosoes (AND heteros. Thumbs down, eu sei).

Ah, nao tenho saco!

7 comentários:

Thiago disse...

Oi, Fernando.

Tenho lido seu blog e me identificado com um bocado de coisas. Moro na Inglaterra ja ha um tempo e, apesar de os ingleses nao serem tao 'alemaes' - a tal pontualidade britanica existe, mas eles tambem atrasam seus dois minutos aas vezes -, ha muito em comum. Essa coisa de serem francos, diretos, de falarem as coisas sem rodeios (mas tambem sem grosseria), acho que eh algo europeu em geral. E eu adoro! Quando vou ao Brasil, ja nao tenho mais paciencia com indiretas, subentendidos e quetais. Porque eh bom demais quando alguem diz 'passa la em casa depois' e REALMENTE quer dizer 'passa la em casa depois', nao eh? =)

Abraco!

Anônimo disse...

Vc estava a um passo de ser leito o garoto twix, but como faz carão no FB, vai voltar pro fim da fila...

Fernando disse...

Thiago: Obrigado por ler o meu blog! :) Deu sim para perceber varias semelhancas sim entre alemaes e ingleses quando eu estive aí - de fato existe esse "senso europeu" que une todo esse povo daqui. Principalmente quando enxergo os americanos e europeus, fica claro que existe algo nesse "Velho Mundo" em comum entre eles.

E eu pessoalmente também AMO a sinceridade européia. Tem horas que dói escutar algumas coisas, é um MERDA para se adaptar a isso (afinal, a gente aprendeu que fingir opiniao é necessário e faz isso desde que nos damos por gente!)... mas na maioria das vezes é um alivio nao precisar entrar naquele exercicio de tentar advinhar o que a pessoa quis realmente dizer, tao comum no Brasil, né? :D

Fernando disse...

Anonimo: Eu nao faco carao no FB nao!!! :) A questao é que realmente nao curto essa de ter 478 amigos no Facebook/Orkut e realmente só interagir/conhecer 30. Parece que tem uma galera que curte se afirmar somente pelo número de amigos nesses sites - sem ter nenhum real interesse em quem eles adicionam. Acho isso superficial demais - o meu Facebook é o meu espaco pessoal, onde meus amigos brincam e zoam comigo, postam fotos da gente nas mais diversas loucas situacoes... Desnecessário dividir isso com alguém que nem deixar claro a que se propoe, sabe?

Porque adicionar por adicionar... já adicionei gente que chegou "Te adicionei porque te achei gostoso". É só uma questao de mostrar a que veio. :)

Fernando disse...

E agora fiquei curioso: qual era o premio do "garoto Twix"? :) Um estoque vitalicio de Twix chocolate branco?

:D

Daniel disse...

Mas e aí, fez amizade com a trava-door da boate? Fico imaginando ela te liberando e vcs batendo papo sobre o Brasil.

Fernando disse...

Daniel: A travadoor parece ser da categoria "vim para a Europa e odeio brasileiro", portanto sempre falei com ela em alemao mesmo, me aproveitando do meu look Italia-Líbano connection.